segunda-feira, 29 de abril de 2013

  Por Marcelo Braga




                                                      Festas Temáticas = Festas Fantásticas







Mais uma vez aqui com vocês falando de festas e eventos (enquanto o Zel não me expulsar, e quando o fizer vou pra frente da casa dele com uma faixa de protesto até ele me aceitar de volta).
Em muitos eventos que sou solicitado para fazer um orçamento, cada vez mais recebo pedidos de festas temáticas e o que poderia ser um modismo, veio pra ficar. São festas divertidas, que envolvem, lembram épocas, criam atmosferas e saem do lugar comum de simplesmente mais um jantar.
As festas temáticas são hoje em dia o momento mais aguardado de um congresso, encontro, seminário depois é claro do objetivo principal desses eventos.E a indústria de olho nesse filão se movimenta para cada vez mais dar opções aos decoradores com materiais incríveis e variedades sem fim. Isso fica claro num passeio na Rua 25 de Março que é o principal polo nesse setor, ou nos importadores de São Paulo, além das feiras de negócios que movimentam a terra da garoa (já não sei mais se a terra da garoa que estou falando é no Rio ou São Paulo).
Agora uma coisa fundamental pro sucesso da sua festa temática: o tema escolhido tem que ter a cara do dono da festa e mais importante se seus convidados tem esse perfil festeiro e vão prestigiar a festa vestidos a caráter. Já fiz uma festa Anos 70 pra uma grande empresa que levou 2 dias pra montar toda cenografia, acho que foi a festa nesse tema mais bonita que já fiz, os convidados jantariam num dos restaurantes do hotel onde acontecia o evento e depois seguiriam pro local da festa. Quando eles chegaram e tiveram o impacto daquela mega festa, ficaram todos pelos cantos e contei no relógio: a festa durou exatos 52 minutos, os funcionários, meio deslocados, não estavam a vontade naquele ambiente que ficou muito glamouroso, eram pessoas simples. 
A coordenadora do evento se mostrou preocupada, pois teríamos outra festa no dia seguinte. A festa do dia seguinte o tema era Botequim e qual foi a surpresa? Os mesmos convidados curtiram até as 2 da madrugada, não queriam deixar o DJ parar de tocar e fotografaram até a gaiola com papagaio fake que enfeitava o banheiro. Aquele tema, mais despojado, mais engraçado, era mais próximo da realidade deles, aquele ambiente com elementos de decoração criativos e até engraçados os levou a curtir totalmente a festa... E até o fim dessa festa eu tinha comido 5 bois de ansiedade querendo saber se dessa vez eles aprovariam a festa.
Existe uma infinidade de temas para essas festas e melhor ainda quando o dono da festa ainda aparece com uma novidade, um tema que foge aos tradicionais (que vale ressaltar que agradam muito como botequim, luau, italiano e etc). Dentre esses temas que surgem do nada e viram grande sucesso que eu tive o prazer de fazer, destaco oSoltem Suas Feras da Sônia Bilbao, o Indiana Jones do Marcos Manhães e o Aniversário de 6 Anos da Valéria todos para eventos corporativos.
O Soltem suas feras surgiu numa olhada nas páginas da revista da empresa representada pela Sônia. Era uma propaganda de batom e veio a calhar, nos olhamos e vimos que aquela frase tinha sentido. Montamos uma verdadeira floresta no ambiente, garçons vestidos de caçadores e até bichos cenográficos faziam parte da decoração todas as convidadas vestiam roupas com estampa de bicho.
Na decoração Indiana Jones veio a inspiração do Marcos na madrugada que me ligou e falou: “Já sei ! Desenvolve o tema Indiana Jones, vamos arrasar !”. E criei essa atmosfera de caçadores de fortuna, Minas do Rei Salomão e outras coisas marcantes nos seus filmes como cobras, múmias, caveiras e claro muitos tesouros os funcionários da empresa falam dessa festa até hoje.
E a minha relação com a Valéria sempre foi de criatividade total, ela com sua mente fervilhante e brilhante me impulsiona a criar.  Era aniversário de 106 anos da empresa que ela faz parte, e ela me encomendou uma festa de aniversário de 6 anos. Levei um susto, mas entrei no clima. E a festa foi sucesso absoluto com decoração infantil e guloseimas para todos os lados, brincadeiras de crianças e muita diversão não faltaram além de um ator caracterizado de Silvio Santos que coroou o sucesso da festa.
E nesse mundo de criaturas e criadores deixo minha impressão final com um texto que diz o seguinte:

Dever de Sonhar 

Eu tenho uma espécie de dever, dever de sonhar, de sonhar sempre, 
pois sendo mais do que um espetáculo de mim mesmo, 
eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso. 
E, assim, me construo a ouro e sedas, em salas 
supostas, invento palco, cenário para viver o meu sonho 
entre luzes brandas e músicas invisíveis.

Postar um comentário