quinta-feira, 25 de abril de 2013

Ela é a cara do Rio



Por THAMINE LETA


Quando Antonia Leite Barbosa, autora do guia "Agenda Carioca", criou um grupo fechado com o mesmo nome no Facebook, não imaginava que faria tanto sucesso. A agenda da jornalista, que antes era única e exclusivamente dela, passou a ser compartilhada com milhares de pessoas que hoje acessam o endereço em busca de dicas e serviços.

Com 15 mil participantes, o grupo é uma extensão das edições dos guias impressos e do aplicativo Agenda Carioca para Ipad, em que Antonia abastece recorrentemente com dicas do Rio. Em breve, os usuários também poderão baixar o aplicativo no Iphone, dando mais mobilidade para quem quer pesquisar alguma coisa e está na rua.

Aos 35 anos, depois de uma carreira consolidada no Jornal do Brasil e de três edições do Agenda Carioca publicadas, Antonia descobriu que seus leitores precisavam de um lugar para dividir ideias, promover seus serviços e pedir dicas. Foi assim, sem pretensão, que surgiu o grupo no Facebook. Atenta ao regulamento que criou, a moderadora é rígida para manter a ordem por lá:

- É muito usado pois temos regras. As pessoas postam alguma dica, ou pergunta e os outros passam a interagir. E são apenas dois dias em que os usuários podem fazer autopromoção. Mais que isso, vira bagunça. O resultado não podia ser melhor, pela primeira vez as informações não ficam concentradas em mim. Todos compartilham e eu acabo aprendendo muito também - contou Antonia ao Saideira.

Antonia não para. Com a ajuda de uma estagiária, ela continua sempre em busca de novas dicas para o aplicativo no Ipad, visitado por quem quer algo diferente ou trivial no Rio. Há um ano e meio, a jornalista foi mãe. Felipe toma conta de boa parte de sua semana, e também fez Antonia prosseguir com um projeto antigo: o Agendinha Carioca. O novo guia será impresso em maio apenas com dicas infantis.


- Era algo que tinha vontade há algum tempo, e depois que fui mãe todos me perguntavam sobre programas infantis. Queria esperar o momento certo e acho que ele chegou - contou.

Até 2010, Antonia teve uma coluna na Revista de Domingo, do Jornal do Brasil. Formada em desenho industrial, o jornalismo entrou na vida dela quando, junto com duas amigas, fez a revista "Geração", que anos depois o JB passou a editar e distribuir com o jornal.

Fonte: O Globo
Postar um comentário